Quinta-feira, 26 de Fevereiro de 2009

Igreja Paroquial da Junqueira

A FREGUESIA - Igreja Paroquial da Junqueira
 

IGREJA PAROQUIAL DA JUNQUEIRA

A igreja paroquial é um templo imponente, com uma bela e harmoniosa frontaria. Integra duas torres sineiras, gémeas. Sobre o pórtico fica uma altíssima janela de recorte ovalada, com belo vitral. Ladeiam-no dois ni­chos com as imagens de Si­mão e S. Judas Tadeu.

Em 1758 o cura João Antunes de Azevedo consi­derou a igreja como ‘das melhores da província”, re­ferindo-se aos seus altares, em número de oito: o altar-mor, com os santos padroei­ros, o de Nossa Senhora da Encarnação, de S. Teotónio, o do Santíssimo Sacramen­to, o de Nossa Senhora do Rosário, a de 5. José, o de Santo António e o do Santo Cristo.

Freguesia antiquíssima a de S. Simão da Junqueira.

A actual igreja paroquial data do séc. XVII e é dedicada a S. Simão e a S. Judas Tadeu. 

Características da Igreja

"Para dar  uma noção da grandeza deste edifício religioso, vão a seguir as suas dimensões:

Comprimento da porta principal ao fim da abside ............... 42,85m
Altura da nave ............................................................ 2,35m
Largura da mesma ...................................................... 8,80m
Idem da abside .......................................................... 7,00m
Comprimento da mesma ................................................. 95m
Transepto (comprimento) ................................................ 50m
Transepto (largura) ........................................................ 83m

A Igreja está illuminada por tres janelas na frontaria, onde se exbibem as estatuas dos Padroeiros S. Simão e S. Judas Thadeu, por duas janelas em a nave, uma no transepto, quatro na capellamór, em cujo arco se levanta em granito a figura de Santo Agostinho, Patriarca da Ordem.

Ao sul do templo, em linha recta, fica o edificio do extinto Mosteiro, com o respectivo claustro, convertido em casa de habitação dos seus actuaes possuidores.

O Cruzeiro paroquial levantado no principio da avenida, que dá acesso ao Mosteiro, e tem a data de 1698, é do mesmo estilo e epoca da Igreja conventual"

(In José Augusto Ferreira, Vila do Conde e seu Alfoz, 1923, p.42).

publicado por markokas às 23:06
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
27
28


.posts recentes

. U.D.C.R JUNQUEIRA 2008/20...

. U.D.C.R DA JUNQUEIRA

. O Brasão

. Igreja Paroquial da Junq...

. Para sempre Junqueirense

.arquivos

. Fevereiro 2009

blogs SAPO

.subscrever feeds